Friday, March 01, 2019

UM DIA, diz a Mulher



Um dia
também eu sairei porta fora

caminharei nas ruas 
ausente de sentido
atravessando esplanadas
e jardins
bairros que não conheço

irei em frente
sem parar nas lojas elegantes
da Avenida
que pouca Liberdade tem

irei assim
perdida e sem destino
descendo
à beira-rio

quando me virem na água
darão então por mim














4 comments:

Anonymous said...

I'm now not sure where you are getting your information, but
great topic. I needs to spend some time finding out more or understanding more.
Thank you for fantastic info I used to be on the lookout for this info for my
mission.

Albertino Ferreira said...

Alguma visão de Virgínia Wolf ou da Ofélia de Shakespeare e outros pintores de almas sensíveis?

Luis said...

Não falo de literatura nem de escrita. Não vou ensinar a missa ao padre.

Mas digo que chegam cá coisas quando leio.

Yvette Centeno said...

Tudo o que lemos, que vivemos, deixa sempre uma marca.
Nem sempre a descobrimos, só mais tarde...