Saturday, December 15, 2007

Natal 2007

Natal
Ao sol
de olhos fechados

oriento-me
como as plantas

um canário invisível
gorgeia
a despedir-se,
não tarda a noite
vem aí

fecho as janelas
mas não corro as cortinas
que não tenho

a lua vem a seguir
com o seu brilho

8 comments:

Henrique Chaudon said...
This comment has been removed by the author.
Henrique Chaudon said...

Professora:
Excluí o comentário anterior pois cometi um erro de digitação que não pude remendar. Era o seguinte:
"Estamos em Lua Crescente. Na noite de Natal, ela será Cheia. Ocorreu-me agora que não sei se a diferença de hemisférios afeta a nossa visão das fases da Lua.
Mas seu poema, seja no Norte ou no Sul, é belo.Obrigado, e Feliz Natal!"

Sérgio A. Correia said...

Um poema que tem a força imagética dos haikais japoneses.

Henrique Chaudon said...

Professora:
Já descobri que nas fases Crescente e Minguante a Lua é vista invertida (espelhada)para um observador no Norte, e vice-versa.
Uma bobagem, essa dúvida; mas é curioso como certas obviedades nem sempre são tão óbvias assim!

Yvette Centeno said...
This comment has been removed by the author.
tia adoptada said...

Professora, para quando, afinal, o livro que aqui anunciou?

Yvette Centeno said...

As Três Cidras do Amor já foram reeditadas.
O Príncipe no Reino dos Lagartos só sairá em 2008, ainda sem data certa.
Entretanto foi lançada uma bela antologia da criança na poesia portuguesa, org.José da Cruz Santos, na MODO DE LER.
Bom Natal, ano 2008 com felicidade e muita leitura.

tia adoptada said...

as três cidras já encomendei directamente à cotovia; mas ainda não me chegou; era a O Príncipe no Reino dos Lagartos que me referia; continuarei à espera, então. E amanhã passarei pela fnac, para ver se lá têm a antologia de que aqui nos fala.
Votos de um bom natal também para a Professora.